cuidado com o que você acredita

pode acabar acontecendo. a vontade sempre moveu montanhas na minha vida. e não é agora que vai parar. ontem eu escrevi um email longo pra uma amiga, contando o que na real tá mesmo acontecendo na minha vida. e foi escrevendo esse email que eu percebi que apesar das coisas parecerem um pouco “sinistras”, depois de tudo que aconteceu ultimamente na minha vida, que o mundo está conspirando a meu favor de novo. eu puxei uma engrenagem aqui, outra ali, fiz minha vida acontecer, tomei decisões arriscadas e precipitadas, daquelas do tipo maremoto na minha calmaria e pronto. quando eu era adolescente, minha mãe mandava eu arrumar meu quarto e eu NEMMMMM AMARRADA arrumava, era um banzé aquilo, qdo ela reclamava eu dizia que eu só achava minhas coisas na bagunça (o que é um pouco mentira, pq eu forever perdia meus óculos), mas fazia sentido eu me sentir assim, pq essa no final das contas, é a essência da minha vida. eu não desprezo sentimento nenhum, com exceção do tédio. e tudo que me entedia eu simplesmente tiro da minha vida. e uma coisa meio malvada. meio louca. tipo, oi fritei, cansei da sua cara, tchau. não é algo do dia pra noite. eu vejo as coisas acontecendo dentro de mim, e as pessoas vêem o que acontece fora. é só que na hora que eu decido, eu levo 5 minutos pra acabar com tudo o que me incomoda e irrita. eu tenho 3 tipos de vontade. as de 5 minutos. as de dois anos. as das vontades da vida. qdo eu penso que com 16 anos eu sonhava todos os dias da minha vida em estar aqui em Londres, em trabalhar com musica, em ter um amor  (não muito) perfeito pra toda a vida, em conhecer lugares no mundo, ter na memoria tantos filmes e livros (não tantos quanto eu queria, mas dou-me um desconto), ser amiga da minha mãe (na adolescência parecia impossível!), ver o crescimento pessoal e profissional dos meu amigos. isso tudo acontece hoje em tempo real na minha vida. e as vontades da vida foram substituídas por outras que eu dizia que eu nunca nunca nunquinha desejaria. e todos elas se condensam em um só desejo. família. a minha. a nossa. a tua, louis. a menina do teus olhos e o teu melhor amigo. um cachorro com nome idiota. uma poltrona bem cara e bem bonita. uma casa. quem sabe ate um carro (se eu ou o louis, ou os dois resolverem aprender a dirigir). uma casa de verão em Córsica ou Floripa. uma casa com janelas grandes e muitas plantas. uma cama grande pra eu e o louis ficarmos pequenos de novo, num quarto com lareira. eu sonho com isso. todos os dias. agora vamos deixar minha vontade trabalhar em paz. eu não tenho vergonha nem medo do meu presente. eu vou viver como eu sei que devo, e de acordo com o que eu acredito. tudo o que vai volta. toda ação tem ma reação. tem dia de recompensa, tem dia de castigo.

Anúncios

Uma resposta to “cuidado com o que você acredita”

  1. earthquakeheart Says:

    Que delícia de texto. =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: